AL CAPP: A LIFE TO THE CONTRARY: RESENHISMO

[NFN DIÁRIO #197]                                        * * *                                                [25/3/2013]

Mais uma resenha de Al Capp: A Life to the Contrary [+], biografia escrita por Michael Schumacher e Denis Kitchen sobre o criador de Li'l Abner. 

Agora, R. C. Harvey escreveu no Comics Journal  algo mais próximo de uma resenha propriamente dita e menos de uma minibiografia de Capp [+]. O próprio Harvey, no entanto, é um biógrafo de quadrinistas e contrasta as suas conclusões com a do livro:

Os principais fatos da vida de Capp estão tratados em grande detalhe: a perda de sua perna esquerda, aos nove anos de idade, e as prováveis consequências psicológicas; a sua educação em uma série de cursos de arte cuja mensalidade não conseguia pagar; o período em que foi aprendiz de Ham Fisher e as disputas sobre quem criou o caipira Big Leviticus em Joe Palooka; a disputa que resultou disso, a sua sujeira, e a tentativa de Fisher de manchar a reputação de Capp; o surgimento de Capp como uma celebridade da cultura pop; os seus estridentes ataques à Nova Esquerda Universitária nas faculdades; a sua conhecida visita a John Lennon e Yoko Ono; o erotismo subliminar de Li'l Abner; a vida sexual extracurricular de Capp, um caçador de showgirls e estudantes de universidades mistas; e a sua queda em desgraça, que disso resultou. Em todos os casos, o livro oferece pontos de vista desses eventos que me são novos (e eu pesquisei a vida de Capp para o meu livro, ao menos tanto quanto permitem os documentos publicamente disponíveis).

Nenhum comentário: