AL CAPP: GÊNIO. BABACA.

[NFN DIÁRIO #188]                                        * * *                                                [12/3/2013]

Peter Bagge [+] [de Ódio e, mais recentemente, Reset [+]] publicou um artigo na revista Reason [que também costumava publicar as suas charges, muito boas por sinal] sobre a vida de Al Capp, um dos primeiros quadrinistas americanos da história e criador da tira Li'l Abner. O artigo tem por base o livro Al Capp: A Life to the Contrary, de Michael Schumacher and Denis Kitchen.

O início é triste:

Tudo sobre a vida e a arte de Al Capp, criador de Li'l Abner, a obra maestra em formato de tira em quadrinhos da metade do século passado, foi imprudente e excessivo. Até mesmo a forma pela qual ele perdeu a sua perna esquerda, aos nove anos de idade, parece saída de um desenho animado da Warner Brothers: ele foi atropelado por um bonde. Como se pode esperar, o evento traumático afetou o resto da vida de Capp para o bem e para o mal. Inspirou ele a se tornar bom em algo que não exigisse o uso das duas pernas, e também agravou o seu profundo e inato auto-desprezo. A dor e vergonha que isso causou em toda a sua vida (ele caminhava de um jeito estranho e engraçado) apenas contribuiu para sua psique ranzinza e negativa.



                  

Nenhum comentário: