FREDERIC WERTHAM E SEDUCTION OF THE INNOCENT: FRAUDE

[NFN DIÁRIO #181]                                        * * *                                                [22/2/2013]

Você deve ter lido por aí, porque vários VEÍCULOS DA GRANDE MÍDIA NERD pegaram essa pauta: Carol Tilley, pesquisadora da Universidade de Illinois, escreveu um artigo para a revista Information and Culture: A Journal of History sobre os dados que Frederic Wertham usou no Seduction of the Innocent -- no caso, como eles são DÚBIOS.

Ficamos com a matéria de Dusty Rhodes, que aparentemente é assessor de imprensa da universidade, porque o artigo propriamente dito ainda não foi publicado.

Por exemplo, em "Seduction", Wertham relaciona os gibis do Batman com o caso de um garoto de 13 anos que estava em liberdade condicional e recebendo acompanhamento por ter abusado sexualmente de outro garoto: "como muitas outras crianças de inclinação homo-erótica, ele era especialmente devoto ao Batman: 'algumas vezes, leio eles de novo e de novo. ... Pode ser que Batman tenha feito com Robin algo como o que eu fiz com o garoto mais novo'".

O que Tilleu encontrou nas notas de Wertham, no entanto, foi que o garoto preferia "Superman", "Crime Does Not Pay" e "gibis de guerra" a "Batman", e que ele tinha sido sexualmente atacado em uma oportunidade anterior por outro garoto, informações que Wertham deixou de fora.

Seil lá que diabos é isso A CULPA É DO BÁTIMA PÕE AÍ

Nenhum comentário: