BLACK KISS 2, DE HOWARD CHAYKIN: "APROXIMADAMENTE 11.000.000% MAIS EXPLÍCITO QUE O ORIGINAL"

[NFN DIÁRIO #168]                                        * * *                                                [1/2/2013]

Joe McCulloch resenhou, em sua coluna no The Comics Journal, Black Kiss 2, de Howard Chaykin [+].

O que segue é um turbilhão doloroso de sexo e violência, aproximadamente 11.000.000% mais explícito que o Black Kiss original, que parecia relutante em retratar até mesmo um pênis exposto. É como se a sensação de excesso da série tivesse se substituído pelo tipo de desordem limpa que Chaykin usou para construir as suas páginas; despojadas das cores berrantes de suas obras mais recentes, o artista aumentou páginas digitalmente de forma ocasional em busca de uma maior clareza, a sua multidão fervilhante formando um grupo heterogêneo de rostos sem textura e rabiscados, juntados, as vezes, em resoluções aparentemente diversas, com cenários agressivos que ameaçam devorar mulheres quase indistinguíveis, ainda que essa última parte seja intencional, considerando a história.

Nenhum comentário: