WARREN ELLIS: DE GUN MACHINE A CSI

[NFN DIÁRIO #160]                                        * * *                                                [22/1/2013]

Warren Ellis [+] foi entrevistado por Douglas Wolk, do Los Angeles Times. O motivo é o seu novo livro, Gun Machine [+], mas Ellis aproveitou a entrevista para parir umas teorias anti-CSI meia-boca divertidas que dizem mais sobre o próprio escritor do que sobre a série:

Não é exatamente "CSI", em outras palavras. A menção a esse programa dispara um dos magníficos discursos de Ellis: "O negócio com isso, 'CSI', é que se você peidar enquanto comete um crime, eles vão capturar o seu peito e vão fracioná-lo em um laboratório e vão descobrir onde você esteve no dia anterior e vão vir te buscar!".

Quase sem respirar, Ellis continua: "a lição de 'CSI' é: não importa que coisas horríveis acontecem, policiais legais vão aparecer e arrumar tudo e devolver as coisas ao status quo".

Séries de procedimentos policiais são contos de ninar efetivos, ele diz, que asseguram que "o espectador sabe que ele está sendo vigiado e é melhor que eles não pensem em nada disso, porque, não importa se o crime deles é perfeito, Ted Danson vai aparecer na tua porta. O que é, por si só, uma  ideia horrível".

Compare no Buscapé

        

Nenhum comentário: