STEVE DITKO: "AGORA, DIGIRAM ISSO: EU SABIA DESDE O PRIMEIRO DIA, DESDE A PRIMEIRA HISTÓRIA DO DUENDE VERDE, QUEM O DUENDE VERDE SERIA"

[NFN DIÁRIO #153]                                        * * *                                                [11/1/2013]

Como aqueles mais interessados nos DESDOBRAMENTOS FÁTICO-HISTÓRICOS da criação das hqs devem saber, existe certa controvérsia sobre os motivos pelos quais Steve Ditko [+] deixou de desenhar o Homem-Aranha na altura da Amazing Spider-Man [+] #38, de julho de 1966. 

Uma das versões [inclusive mencionada por Santiago Garcia, do Mandorla, em artigo linkado no NFN DIÁRIO #137] indica que Stan Lee [+] e Ditko tiveram uma forte divergência sobre a identidade secreta do Duende Verde, máximo vilão do Aranha: Ditko não sabia que seria Norman Osborn, e se opôs a isso.

Pois bem: Brian Cronin, do CBR, em sua coluna Comic Book Legends Revealed, abordou a questão -- para desmenti-la. Os argumentos são FORTES e CONVINCENTES:

Ditko, ainda, parece fazer com que tudo encaixa em um ensaio de 2009 que ele escreveu para a revista The Comics, afirmando:

"Agora, digiram isso: eu sabia desde o Primeiro Dia, desde a primeira história do Duende Verde, quem o Duende Verde seria. Eu sabia com certeza porque fui eu quem colocou ele no clube de negócios de J. Jonah Jamenson, onde JJJ e o Duende Verde seriam vistos juntos. Eu coloquei os dois juntos em outras histórias nas quais o Duende Verde não apareceria com o seu uniforme, em ação". 

"Eu queria que a vida do JJJ e do Duende Verde se misturassem para fins de drama, envolvendo mais do que os dois personagens". 

"Eu coloquei o filho do Duende Verde (o mesmo tipo de cabelo) nas edições da universidade para mais envolvimento dramático e consequências narrativas".

"Então como pode existir qualquer tipo de dúvida, disputa, sobre quem o Duende Verde seria ao ser desmascarado?"


                  

Nenhum comentário: