MICKEY SPILLANE VERSÃO QUADRINHOS INFANTIS



[MEMÓRIA#22/OURO PURO#8]              * * *                                                    [11/1/2013]

Escritor de livros de detetives, best-seller [225 milhões de cópias vendidas no mundo todo], criador de Mike Hammer e veterano da Segunda Guerra [foi da força aérea americana], fã de Ayn Rand e dono de uma ALCUNHA que parece a de um mafioso italiano, Mickey Spillane também foi QUADRINISTA.

O que segue abaixo é uma de suas histórias para a revista Blue Bolt v. 3 #3, de agosto de 1942. É uma história infantil na qual uma criança, um fantasma e um GORILA DOMESTICADO A SOCOS superam uma JIBOIA GIGANTE para frear uma AMEAÇA NÃO ESPECIFICADA [ladrões? Espiões TALVEZ? Duendes?], em uma VIBE MEIO ONÍRICA involuntária. 

Spillane escreveu quadrinhos por poucos anos no início da década de 40, antes de se tornar um novelista [seu primeiro livro, I, the Jury, é de 1947], apresentado por Joe Gill, vendedor, como o próprio Spillane, de uma loja que anos depois se tornaria um dos mais prolixos escritores dos quadrinhos [co-criador do Capitão Átomo, colaborador habitual de Steve Ditko [+] na editora Charlton].

John Jordan [quadrinista americano sobre o qual até a Lambiek Comiclopedia sabe pouco] é, supostamente, o não-creditado desenhista da história, que parece que viu um desenho feito por Bill Everett [+] uma vez e desde então trata de copiá-lo. Mal.

As páginas nos chegam por via do blogue The Horrors of it All [???].









Nenhum comentário: