JOE CASEY, SOBRE SEXO: "NÃO CLASSIFICARIA A SÉRIE COMO TOTALMENTE ERÓTICA"


[NFN DIÁRIO #154]                                        * * *                                                [14/1/2013]

E tome entrevista: Joe Casey [+] por Timothy Callahan, no Comics Alliance, sobre a sua nova série, Sex [+].

Acho que os leitores -- os cinco ou seis que vão ter a coragem de comprar a série -- vão julgar por eles mesmo o quanto ela tem de "super-heróis" e "sexo". Para alguns, vai ser mais do que esperavam... e, para outros, pode ser menos do que esperavam. As duas coisas estão amarradas, no entanto. Nos gibis de super-heróis, até agora, especialmente nos gibis chamados de mainstream, sexo foi geralmente um elemento do sub-texto (quando não é usado como alguma forma de piada). Acho que existe um aspecto nessa série no qual nós estamos tentando fazê-lo um elemento explicitamente textual, que nós estamos colocando muito mais na vitrine. E, quanto a isso, tem muito a ver com os personagens e com conflito. Tenho certeza que alguém escutando sobre a série sem tê-la lido deve estar se preparando para algum conteúdo sexual excessivo e gratuito  Agora, não estou dizendo que não vai ter isso... mas eu não classificaria a série como totalmente erótica, também. Isso pode ficar um pouco chato depois de um tempo. 

Nenhum comentário: