DR. STRANGE, DE STEVE DITKO: “UMA BOBAGEM PULP”

[NFN DIÁRIO #166]                                        * * *                                                [30/1/2013]

Noah Berlatsky, do Hooded Utilitarian, teceu breves considerações sobre Steve Ditko [+], com base em uma de suas  histórias do Sr. Estranho [especificamente, Strange Tales #123, de agosto de 1964, que você encontra nos esgotados Marvel Masterworks: Doctor Strange v. 1 e no Essential Doctor Strange v. 1]. O plot está no título da história: “O Desafio de Loki”.

A narrativa parece um pouco complicada, mas, de novo, o que eu meio que gostei nela, e ainda meio que gosto, é como ela é redonda: a forma pela qual a história se coloca de forma tão rápida e sem desculpas em movimento, e depois reinicia, ou se apaga. Loki tem um plano maligno; ele é descoberto; tudo volta ao normal. A falta de motivação é transparente, e então tudo gratuitamente apagado, uma bobagem pulp que se revela na sua própria inconsequência maquiada. A ostentação da falta de pretensão é refrescante, ainda que também um pouco inquietante.


Nenhum comentário: