DAVID SIM, SOBRE THE STRANGE DEATH OF ALEX RAYMOND: "NÃO É O TIPO DE COISA QUE VOCÊ POSSA DEIXAR PARA LÁ"

[NFN DIÁRIO #167]                                        * * *                                                [31/1/2013]

O blogue A Moment of Cerebus repercutiu uma postagem do próprio David Sim [+] no Kickstarter, sobre o atual estágio de The Strange Death of Alex Raymond, história que estava sendo serializada na revista Glamourpuss até o seu recente cancelamento [e consequente hecatombe argumentativa].

A trama é sobre, bom, A ESTRANHA MORTE DE ALEX RAYMOND. “MORTE” eu suponho que você saiba o que é; caso contrário, diz muito sobre a VIDA ETERNA que você esteja passando o seu tempo em um blogue de gibis. Alex Raymond é um dos quadrinistas mais importantes de todos os tempos: Flash Gordon, Agent X-9, Rip Kirby. E o “estranha” é porque Raymond morreu, aos 46 anos, junto com o cartunista Stan Drake, em um acidente de carro mal-explicado.

...veja só, eu meio que me encurralei com [THE STRANGE DEATH OF ALEX RAYMOND]. É basicamente uma narrativa incompleta de aproximadamente 300 páginas e eu preciso de verdade terminá-la. Não é o tipo de coisa que você possa deixar para lá com um "ah, bom, talvez um dia desses". O principal problema que estou enfrentando agora mesmo é que eu não sei qual vai ser o tamanho final. Ainda estou escrevendo e visualizando. Este é o terceiro mês em que eu pego as páginas corrigidas de glamourpuss (ampliadas, editadas, modificadas e ajustadas) e releio elas do início. Esse é um jeito MUITO diferente de escrever uma série comparado com o que eu fiz em CEREBUS, no qual era tudo no momento. 20 páginas feitas a cada mês e elas ficavam prontas. Já que eu tinha 20 páginas para fazer no mês seguinte, correndo na frente de um trem de carga por 26 anos. Nessa situação atual, NÃO EXISTE um prazo final, então eu posso na verdade escrever como eu faria com um livro. Criá-lo e revisá-lo de um jeito sempre em andamento.

A cara é BONITA:



E:

Nenhum comentário: