BRIAN WOOD E MATT KINDT ENTREVISTAM-SE MUTUAMENTE

[NFN DIÁRIO #152]                                        * * *                                                [10/1/2013]

Brigid Alverson, do CBR, entrevistou Brian Wood [+] [Mara [+], DMZ] e Matt Kindt [algumas edições de Sweet Tooth, recentemente lançado no Brasil pela Panini]. 

O ponto de partida são as séries The Massive [de Wood] e MIND MGMT [Kindt], publicadas pela Dark Horse. Em determinado momento, Alverson larga tudo na mão dos quadrinistas. Antes disso, respondendo a uma pergunta sobre como ambientar os leitores no contexto em que transcorrem as suas séries, Wood e Kindt comentaram:

Kindt: tentei usar o formato do próprio gibi e o design da edição para me dar um pouco mais de espaço para contar a história e construir o mundo. Tem um "Guia de Campo MIND MGMT" que vai no lado de cada página e é um tipo de manual para "como ser um agente MIND MGMT". E também têm duas histórias de back-up, uma na parte de dentro das capas e a outra no final da narrativa principal que diversificam e começam a revelar outros personagens secundários. Além disso, tenho a sorte de ter um formato no qual eu não tenho que ter propagandas -- então eu projetei a minha própria propaganda para a última capa que parece real, mas também começa a colocar algumas camadas na história e na história de fundo.

Wood: Bom, uma das coisas que eu aprendi escrevendo a minha série DMZ é a não ser muito misterioso no início no que se refere à história de fundo e à construção do mundo. Então para The Massive joguei o leitor no fundo disso já de cara, mas continuei me afastando para dar contexto e um pouco de história, então no momento em que o primeiro arco está completo, a história de fundo está lá.

Também coloquei algumas informações no final, não exatamente histórias, mas informações da série e informações narrativas adicionais que constroem um pouco mais a história.

                  

Nenhum comentário: