SPACEHAWK: É GUERRA


[NFN DIÁRIO #137]                                         * * *                                                  [14/12/2012]

Timothy Callahan, no CBR, resenhou Spacehawk [+], o encadernado de histórias do personagem de Basil Wolverton [+] recentemente lançado pela Fantagraphics.

Uma das grandes coisas sobre o "Spacehawk" da Fantagraphics é que, sim, é um encadernado colorido gordo com uma capa grossa e laminada, mas também é uma reunião de todas a fase de Wolverton  na série, de "Target Comics" Volume 1 #5 até "Target Comics" Volume 3 #10. Isso, conforme as datas das capas, de junho de 1940 a dezembro de 1942. America se envolveu em uma guerra bastante grande no meio desse período, e "Spacehawk" certamente não nos deixa esquecer disso.

[...] Spacehawk não estava a salvo dessas transformações, já que a ameaça da Segunda Guerra Mundial invadiu o território estelar do "inimigo super-humano do crime". Mas até mesmo quando Wolverton apontou o seu herói aos ditadores e conspiradores e cientistas étnicos do planeta Terra em guerra, ele continuou a contar histórias do seu próprio jeito idiossincrático.

Admito que as histórias da segunda metade do livro não são tão insanamente imaginativas quando a primeira meia dúzia da coleção, em parte porque a fantasia desenfreada envelheceu melhor do que a sátira, principalmente porque Wolverton funciona melhor no campo de batalha da pura imaginação do que no campo de batalha real de caras marchando por aí e atirando uns nos outros em uniformes militares monótomos.

Mas mesmo com as histórias de guerra colocando um Wolverton mais fraco à mostra, essa ainda é uma coleção de contos emocionantes.

...mas MAIS sobre isso LOGO.

Nenhum comentário: