JACK KIRBY: ARGO FUCK YOURSELF!

[NFN DIÁRIO #144]                                        * * *                                                [26/12/2012]

Alex Buchet escreveu um artigo no The Hooded Utilitarian sobre as facetas menos conhecidas de Jack Kirby [+]. Uma delas se tornou HOLLYWOODIANA nesse ano -- e não estou falando d'Os Vingadores:

Kirby também se envolveu em um caso extremamente bizarro de intriga internacional. 

Um produtor de Hollywood contratou ele para fazer o projeto das roupas e dos cenários para um filme inspirado no livro de mitos e ficção científica de Roger Zelazny, Lords of Light. Kirby também foi contratado para conceitualizar um parque temático grandioso para o mesmo projeto. 

Como muitos desses empreendimentos megalomaníacos, os projetos não deram em nada.

Mas a empreitada teve um resultado estranho.

I don't always exfiltrate people from Iran,
But when I do, it's comic-book style. 
Em 1979, uma turba de estudantes iranianos invadiu a embaixada dos EUA em Teerã, levando todos os seus funcionários como reféns. Seis empregados do consulado americano, no entanto, conseguiram escapar e foram escondidos pela embaixada canadense.

A CIA, em cooperação com as autoridades canadenses, elaboraram um plano para exfiltrar os americanos, fazendo com que esses passassem por scouts de locações para um filme de Hollywood fictício futuro. A agência escolheu para o projetado filme inexistente o roteiro de Lord of Lights, agora batizado de Argo. 

E assim, junto com o roteiro, os diversos desenhos de pré-produção de Jack Kirby foram levados ao Irã, onde eles foram entregues (junto com identidades canadenses falsas) aos americanos sitiados, que foram capazes de voar para fora do país rumo à liberdade.

Essa história bizarra foi o objeto de um filme de ficção bem recebido em 2012, Argo, dirigido por Ben Affleck; infelizmente, os desenhos de Kirby não foram utilizados. 

                  

Nenhum comentário: