"ELE ENCONTRA FÃS, CARA A CARA"

[NFN DIÁRIO #146]                                       * * *                                               [28/12/2012]

Mark Squirek, do New York Journal of Books, resenhou Faster Than A Speeding Bullet: The Rise of the Graphic Novel, livro de Stephen Weiner que você deve imaginar do que trata.

Partindo dos inícios da Marvel [e as mudanças na DC do período]...

O que a DC e a Marvel fazem é trazer uma nova geração de volta para os quadrinhos. A partir disso, um "fandom" bastante sério começou a se desenvolver. Nessa altura, o Sr. Weiner incorpora um dos mais importantes livros da história dos quadrinhos, o The Great Comic Book Heroes de Jules Feiffer. 

Com reimpressões de publicações difíceis de se encontrar de vinte anos antes, os fãs enlouquecem pelo que eles enxergam no trabalho de Feiffer. Eles adoram especialmente o trabalho de Will Eisner em The Spirit. O livro é uma inspiração para fãs e novos artistas em todos os lugares. Um novo respeito pela história dos quadrinhos é desenvolvido. 

Um "fandom" muito sério cria o mundo das convenções, quando colecionadores se juntam para vender edições antigas e conhecer artistas e desenhistas que eles admiram. No início dos anos setenta, Will Eisner, criador do antes mencionado Spirit, é um dos founding fathers dos quadrinhos, publicando ele mesmo alguns. Ele encontra fãs, cara a cara. Inspirados pelo entusiamo e amor deles pelo meio, Eisner fica determinado a expandir o meio que ele ajudou a inventar. Um visionário como nenhum outro, Eisner é levado a criar o que muitos consideram a primeira graphic novel, Um Contrato com Deus.

                  

Nenhum comentário: