AAMA: MAIS UMA FICÇÃO CIENTÍFICA DE FREDERIK PETERS

[NFN DIÁRIO #139]                                         * * *                                                  [18/12/2012] 


No Zona Negativa, Raul Silvestre resenhou Aama, gibi de ficção científica de Frederik Peeters [+]. Muitos elogios:

Peeters tinha mais alguma coisa para contar no entorno da ficção-científica, depois do sublime Lupus? Pois parece que sim. E, dessa vez, desde uma perspectiva mais lúdica, mais divertida, bem fundamentada no gênero da aventura. Ainda que esta vez o motor da obra tenha por impulso a premissa de um pai que perdeu a guarda de sua filha, o espetáculo está garantido pela visualização de um mundo futuro, no qual as viagens inter-estelares são realidade e a própria realidade é aumentada pela bioengenharia. No meio de tudo isso, o viagem inesperado até um planeta nos confins do cosmos em busca, desde uma perspectiva totalmente acidental para o nosso protagonista, de uma substância artificial (o aama do título) que tem a capacidade de fazer brotar a vida por todos os lados. E, ambas as premissas, ainda que pareça inverossímil, estão relacionadas.

                    

Nenhum comentário: