[NFN#117] Patrick Kevin Day, do Hero Complex, entrevistou o diretor de cinema Zack Snyder. Vamos por partes, porque as PATAS desse homem se estendem sobre vários elementos importantes para o NERDISMO QUADRINÍSTICO:

Sobre Watchmen,o gibi e  filme:

Depois de Vingadores teria sido o momento perfeito para lançar Watchmen, porque ele é o filme anti-Vingadores. [...] Alan Moore não apenas é um gênio pela história que ele criou, mas também pelo seu conhecimento bonito e instigante sobre quadrinhos e sobre a mitologia dos quadrinhos e sobre ao que os super-heróis são uma resposta e o que eles representam. Tentamos passar isso com o filme. Quando Os Vingadores ou outros filmes são feitos, isso me confirma a desconstrução mitológica que Alan Moore conseguiu fazer na sua história e nós tentamos fazer no filme.

[...] Acho que o estúdio pensou que [Watchmen] era um filme de super-heróis. Pensaram que era um filme que poderia ser transformado em uma franquia, que teria continuações, como Homem de Ferro ou algo assim. E eu falei, tipo, caras, isso é totalmente diferente. Não posso nem começar a descrever como essa idéia é errada. É uma desconstrução do gênero de super-heróis, e essa é a graça. A graça não é "Uau, nós somos foda. Nós somos super-heróis e vamos dar uma surra nesses alienígenas ou qualquer que seja o inimigo que apareça". [...] A graça do filme é que esses super-heróis se estupram uns aos outros e tem essas relações super-destrutivas e não sabem como lidar com a sociedade ou com eles mesmos.

Agora, sobre o novo filme do Super-Homem:

É uma versão mais séria do Super-Homem. [...] Levamos a mitologia a sério. Tratamos ele como personagem a sério. Acho que o filme vai ser interessante para todo mundo. Acho que você vai ver um Super-Homem que nunca viu antes. Nós abordamos ele de uma forma que nenhum filme foi feito antes. Ele é o pai. Honestamente, é por isso que eu queria fazer o filme. Estou interessado no Super-Homem porque ele é o pai de todos os super-heróis. [...] O que tinha nele que abriu esse código que fez toda a cultura pop abraçar essa outra mitologia? O que nós fizemos no filme não apenas examina isso, mas também é uma incrível história de aventura. [...] Como um fã de quadrinhos, o Super-Homem é a Pedra de Roseta de todos os super-heróis. Queria ter certeza que o filme tratava isso de forma respeitosa.

Nenhum comentário: