“HOWE TENTA CONVENCER UM PÚBLICO DESAVISADO QUE ELE ENCONTROU TODAS AS SUJEIRAS E HISTÓRIAS QUE VALEM A PENA SER CONTADAS”

[NFN DIÁRIO #127]                                        * * *                                                  [30/11/2012]

Bob Greenberger, executivo da Marvel no início da década passada [chegou à editora pelas mãos de Joe Quesada] publicou em seu próprio blogue a mais negativa das resenhas até agora publicadas sobre Marvel Comics: The Untold Story [+], de Sean Howe [+].

A conclusão é literalmente essa:

The Untold Story é uma leitura fácil para o mercado de massas, o seu público alvo, mas chega a ser algo que os leitores regulares, aqueles de nós que trabalhavam na empresa ou compraram os seus títulos por décadas, prefeririam ler. Mais uma vez, o principal é dado por certo enquanto que Howe tenta convencer um público desavisado que ele encontrou todas as sujeiras e histórias que valem a pena ser contadas. Claro que existe muito, muito mais que merece ser explorado.

Mas no andar da carruagem caem na estrada algumas FOFOCAS e TITITIS sobre os bastidores marvéticos. Por exemplo:

Enquanto ele cuidadosamente conta a ascensão da geração que formou a Image, a sua pesquisa falha repetidas vezes. Por exemplo, Rob Liefeld estava desenhando a minissérie de Hawk & Dove para a DC, enquanto que o editor Mike Carlin tentava cuidadosamente dirigir artisticamente o entusiasmado e artisticamente limitado garoto. Foi então que Bob Harras puxou suficientemente o saco de Rob para atrai-lo para a Marvel, onde qualquer tentativa de treiná-lo e melhorá-lo foi abandonada. DC até mesmo ofereceu pelo menos um projeto para Todd McFarlane (que começou lá com Infinity Inc., onde espertamente decorava as suas páginas para esconder as suas falhas) para escrever quando se tornou claro que ele queria crescer como criador. Era uma adaptação de um filme, uma chance de treiná-lo sobre como escrever antes de assumir projetos maiores, mas a Marvel simplesmente deu para ele as chaves do teioso, do que depois se arrependeu.

Nenhum comentário: