“ESSE CARA SABIA DESENHAR MONSTROS. SÉRIO”

[NFN DIÁRIO #126]                                        * * *                                                  [29/11/2012]

No BoingBoing, Cory Doctorow resenhou Spacehawk, coletânea das histórias do personagens escritas e desenhadas por Basil Wolverton [+] recentemente lançada pela Fantagraphics. A resenha é curta e abundante em imagens, e eis o motivo:

Em sua introdução, Monte Wolverton (filho de Basil) explica que Basil sempre sonhou com ter o seu próprio gibi de super-heróis, e que Spacehawk foi a realização desse sonho. [...] Wolverton não era um bom escritor de super-heróis. Não existe muita tensão dramática aqui. Sempre que Spacehawk aparece, ele é inevitavelmente mais forte, mais inteligente, mais rápido e poderoso que os vilões. Ele resgata a garota (quando existe uma), derrota os vilões (normalmente de forma definitiva) e sai voando, dizendo alguma coisa corajosa e de queixo quadrado, de forma apropriada. Mas isso não importa. Você tem que ser um louco para ler Spacehawk pela sua trama: você lê isso aqui pelo design dos personagens, esse incrível ar grotesco de Wolverton que é tão inconfundível quanto inesquecível.

Você tem dois exemplos depois do PULO.






Nenhum comentário: