WWB #10: O FILME DO HOMEM-ARANHA -- SÓ QUE NÃO!


* * *

O primeiro filme do Homem-Aranha de Sam Raimi normalmente é criticado por duas coisas [e duas coisas apenas]: lançadores de teia orgânicos...

...como os usados por esse outro herói, o Castrado-Aranha,...

...e o uniforme do vilão, o Power Ranger [Duende] Verde.

Controle as piadas ou ele vai chamar o
Power Ranger Vermelho pra te dar uma surra.

Pois bem, o WWB de hoje está aqui pra te dar motivos para sonhar com um mundo que não foi: Érico Borgo, do Omelete, noticiou essa semana que, em um trailer do filme feito em 2001 [um ano antes do lançamento do filme, portanto] para vendê-lo para a investidores, Peter Parker usa lançadores de teia mecânicos:



Já nesse outro vídeo, desencavado por Álvaro Sánchez Cazorla do Blog de Superheroes [um-charuto-é-um-charuto-way-of-life], divulgado pelo próprio Studio ADI [que fez os efeitos especiais do filme], você pode ver a máscara original do Duende Verde que – c@%4lho que TRECO MASSA:




O descarte final dos lançadores de teia mecânicos são facilmente explicáveis pelo contexto do próprio filme: Raimi queria incluir algumas piadas sobre a passagem pela puberdade, e um adolescente com gosma branca nas mãos foi a forma mais sutil que ele encontrou de fazê-lo.

Na foto: sutileza. O exato contrário de.

A máscara do Duende Verde, no entanto, é mais complicado de explicar: aparentemente, William Dafoe, homem que sofre de um grave distúrbio na ordem de suas prioridades, achou que a do vídeo não era CONFORTÁVEL O SUFICIENTE.

Dafoe: É incômodo! 
Raimi: Mas ficar de cócoras usando um colant é importante para o personagem e... 
Dafoe: Estou falando da máscara!

Você aí, que achava a vida do nerd dos quadrinhos fácil: tente viver sabendo que escolhas como essas foram feitas.

Nenhum comentário: