NFN#89: STRACZYNSKI. POR QUÊ?



AMOSTRA GRÁTIS. Quer previews? Então toma previews na paleta!

Primeiro, Gary Pini, na Papermag, nos adiantou páginas de New York Drawings, de Adrian Tomine – parece uma versão quadrinhos indie dos quadros de Edward Hopper.

E segundo, Andy Khouri, do Comics Alliance, publicou em alta resolução algumas páginas de Pax Americana, a porção Charlton do Multiversity de Grant Morrison, desenhada por Frank Quitely.


QUADRINHOS². Dina Gachman e Amy Saaed resenharam One Soul, de Ray Fawkes, publicado pela Oni Press, no Los Angeles Review of Books. Em quadrinhos:

Só que x 6.

CRU. Quem quer que seja FROG2000, ele nos fez um bem: desencavou e traduziu [ainda que pro espanhol] uma história de Alan Moore e Mark Beyer, publicada na revista RAW, v. 2, #3. 


NÃO SE PODE AGRADAR A TODOS ETC #6. Segue o festival de ódio do The Hooded Utilitarian. Dessa vez, alguém que responde pela ALCUNHA de “Jones, one of the Jones boys” meio que acabou com a brincadeira E com J. Michael Straczynski ao mesmo tempo – e você, o que tem feito da tua vida? AHN?

Quanto ao Straczynski:

Talvez o cara que tenha dito aquilo [que Straczynski é mais conhecido por ser ex-roteirista do desenho de He-Man; "o cara" é Tim Marchman, e o "dito" é a resenha que ele fez no Wall Street Journal para Leaping Tall Buildings] estava tentando ser legal. Talvez ele tenha pensando que "roteirista de He-Man" é a coisa mais legal que você pode dizer sobre J. Michael Straczynski porque, sejamos honestos, talvez essa seja a leitura mais caridosa a se fazer da carreira do cara. De qualquer forma, reclamar de alguém porque ele mencionou os primeiros anos da carreira de J. Michael Straczynski como um roteirista de He-Man é como reclamar de alguém que mencione o início da carreira de Hitler como escritor de Mein Kampf: não é que eles estejam sendo desagradáveis, é que eles não estão sendo o suficientemente desagradáveis.

Quanto à brincadeira:

Perguntar qual é a pior hq de todos os tempos é como perguntar qual é a pior frase de todos os tempos, ou o pior sanduíche de todos os tempos. É um sanduíche feito de pão mofado e presunto podre? O pior sanduíche de todos os tempos é uma pedra? É um sanduíche que te dá AIDS? É um sanduíche de merda? É um sanduíche feito por Hitler? Não existe o pior sanduíche de todos os tempos, porque existem muitas formas de um sanduíche ser ruim, e não existe a pior hq de todos os tempos.

Mas se ela existisse, seria escrita por J. Michael Straczynski.


TÁ DE PARABÉNS. Harvey Pekar ganhou uma estátua em Cleveland, noticiou Graeme Mcmillan, no Comics Alliance. Uma na qual ele parece estar reclamando!

"Vocês vão me perpetuar com uma CALÇA DE MOLETOM? Vocês querem que as pessoas DESISTAM?"



Nenhum comentário: